Ir para o conteúdo principal

Vina cita dois jogadores que facilitaram sua adaptação no Grêmio: “Me deixam à vontade”

Vina comemora gol pelo Grêmio – Foto: Lucas Uebel / Grêmio

A adaptação a um novo clube pode ser complicada, mas o atacante Vina não está enfrentando esse desafio com a camisa do Grêmio. Em entrevista concedida ao site GaúchaZH, o jogador falou sobre sua experiência no Tricolor.

+ Kannemann será julgado por expulsão e pode desfalcar o Grêmio nas finais do Gauchão

Segundo Vina, dois jogadores têm sido fundamentais para sua adaptação no clube: Geromel e Kannemann, dupla que conquistou diversos títulos recentemente com a camisa gremista.

“O Renato sabe lidar bem com o grupo. E cito muito Geromel e Kannemann. Quando falo com eles, me deixam à vontade, querem que me sinta em casa. Também cheguei e tive chance de jogar, mostrar trabalho. Não tive processo físico, até porque tinha feito pré-temporada e jogado no Ceará. E quando você começa a jogar e as coisas dão certo, tudo flui para o bem”, afirmou Vina.

As oportunidades no Grêmio não assustaram Vina

Vina chegou e logo depois estreou como titular no Grêmio, ganhando oportunidades para mostrar seu futebol ao técnico Renato Portaluppi. A rápida evolução não assustou o jogador, que já se preparava para isso.

“Temos que estar sempre preparados. Achava que poderia demorar um pouco mais a ter sequência, mas vim com essa mentalidade de poder aproveitar essa oportunidade, algo que falei muito na minha apresentação. Cada vez me sinto mais maduro, mais preparado para as oportunidades na minha carreira”, revelou o jogador.

Com a lesão de Ferreira, que ficará fora por um período considerável, Vina deve ganhar ainda mais espaço como titular no Grêmio, contribuindo ainda mais para o time comandado por Renato Portaluppi.

Voltar para o topo