Ir para o conteúdo principal

Zagueiro do Grêmio é ausência em treino por conta dos bloqueios nas estradas do país

Lucas Uebel/Grêmio

O zagueiro Bruno Alves não conseguiu se reapresentar junto aos demais companheiros do Grêmio nesta terça-feira pela manhã. O motivo do atraso, segundo as mais recentes informações, se deu pelo bloqueio das estradas do país por diversos manifestantes contrários aos resultados das eleições presidenciais de domingo.

+ Atacante tem lesão confirmada e não joga mais pelo Grêmio

Nas redes sociais, no último domingo, Bruno Alves relatou ter viajado 5h de carro para “exercer o meu direito de cidadão”, abrindo apoio para o candidato à reeleição Jair Bolsonaro, que acabou perdendo a disputa para Lula.

Bruno Alves, em tese, será titular do Grêmio no último jogo do ano, na quinta-feira, 20h, diante do já rebaixado Brusque. A partida é válida pela última rodada da Série B de 2022.

Bruno Alves fica no Grêmio

Ao contrário de outros nomes importantes do Grêmio, Bruno Alves tem presença certa no tricolor na temporada do ano que vem. Com contrato até o meio de 2023, ele revelou em recente coletiva ter pré-acerto para ficar até dezembro de 2023.

“Meu contrato (de empréstimo) vai até o meio do ano que vem, assim que ele se encerra eu já tenho um pré-acordo com o Grêmio, de seis meses (até dezembro de 2023)”.

Voltar para o topo