Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Adversária do Grêmio na Libertadores, U. Católica vive bom momento e sequência invicta

Desde a retomada dos jogos no Chile, equipe perdeu apenas uma partida.

Kannemann em jogo pelo Grêmio contra a U. Católica — Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Líder do Campeonato Chileno, mas lanterna do Grupo E da Libertadores. Essa é a realidade da Universidad Católica, adversária do Grêmio na próxima quarta-feira, na retomada do torneio continental. O time, treinado pelo argentino Ariel Holan, vem de uma sequência de três vitórias seguidas para enfrentar o Tricolor e tentar engrenar na fase de grupos.

O calendário oficial do futebol chileno só foi retomado no final do mês de agosto. De lá para cá, foram quatro rodadas disputadas e, apenas na partida de reestreia feita no último dia 29, a Universidad Católica saiu derrotada. Desde então, foram três vitórias em sequência sobre Coquimbo Unido, Huachipato e Audax Italiano. No saldo, a equipe marcou 10 gols e sofreu apenas um.

“Não tem jogo fácil. O jogo é difícil como todos os outros. O Grêmio está preparado. Sabemos jogar esse tipo de jogo. Vamos desligar agora o Brasileiro e pensar somente na Libertadores”, avaliou o técnico Renato Portaluppi sobre o enfrentamento no Chile.

Para encarar a Universidad Católica, nesta quarta-feira, às 21h30, o Grêmio terá uma equipe repleta de mudanças em relação a última vez em que entrou em campo pela Libertadores.

Veja mais em Copa Libertadores.

Veja mais

Comentários