Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Bolzan sai em defesa do departamento médico do Grêmio após polêmica com Ferreira

Após comunicado oficial, dirigente gremista conversou com a imprensa em coletiva.

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Na mesma entrevista coletiva em que decretou sua permanência no Grêmio até o fim de seu mandato, o presidente Romildo Bolzan saiu em defesa do departamento médico do clube.

A pasta foi alvo de críticas por parte dos torcedores e da imprensa por conta de Ferreira, que diagnosticou fora do clube uma hérnia inguinal, que o impedia de jogar.

“O Ciro (Simoni, diretor médico do Grêmio) não tem a rotina do departamento, isso é dos médicos. O Ciro tem uma rotina política da relação dos médicos com a direção. Os médicos diariamente conversam com os jogadores, são profissionais e competentes”, disse Bolzan, antes de acrescentar:

+ Assim como Bolzan, Duda Kroeff também sai em defesa dos médicos do Grêmio: “Confiança total”

“Quando um profissional da medicina trata de um atleta de alto rendimento é preciso ter o máximo de cuidado. Você tem de diagnosticar, prescrever e ter a receptividade no tratamento. Ninguém inventa nada na medicina. Você aplica tudo que deve ser aplicado e o que a medicina manda fazer”, afirmou o presidente.

Com o diagnóstico tardio de seu verdadeiro problema, Ferreira, que já estava fora desde a metade de abril, seguirá como desfalque do Grêmio por mais oito semanas.

Você pode gostar

Comentários