Ir para o conteúdo principal

Demitido do Grêmio, Thiago Gomes ajudou na venda de três revelações da base

As três transferências renderam quase R$ 300 milhões aos cofres do Tricolor

Arquivo Pessoal

O ex-auxiliar permanente do Grêmio, Thiago Gomes, foi desligado nesta semana do clube após o rebaixamento do Tricolor para a série B do Campeonato Brasileiro.

Com boa parte da sua trajetória nas categorias de base, Thiago foi peça fundamental na venda de três jogadores que renderam quase R$ 300 milhões ao Tricolor: Tetê, Diego Rosa e Pepê.

Diego Rosa

Vendido ao Grupo City antes mesmo de estrear pelo profissional, o volante rendeu ao Grêmio uma negociação que com metas atingidas pode chegar aos R$ 153 milhões.

Tetê

Outro que sequer estreou como profissional, o atacante Tetê foi vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, em 2019 e rendeu ao clube a bagatela de R$ 42 milhões na época.

Pepê

Esse foi um atleta que antes de surgir no grupo principal queria deixar o clube para ter mais minutos em campo e quase foi para a Ponte Preta. Foi Thiago Gomes que “segurou” o atacante que tempo depois seria vendido ao Porto e renderia ao clube R$ 98 milhões.

Thiago Gomes não escondeu a sua insatisfação em deixar o Grêmio da forma com que aconteceu e desabafou sobre o assunto nas redes sociais.

Você pode gostar

Comentários