Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Ex-lateral do Grêmio lamenta não ida para a Copa e explica episódio envolvendo Dunga

André Santos jogou no Grêmio na temporada de 2013

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Já com a carreira finalizada, o antigo lateral-esquerdo André Santos até hoje olha para trás e lamenta não ter jogado a Copa do Mundo de 2010 na África do Sul, até por ter jogado todas as Eliminatórias e também a Copa das Confederações no ano anterior. O ex-jogador gremista na temporada de 2013 relembrou o caso em entrevista ao Charla Podcast e admitiu ter cometido um erro na concentração, em jogo na Bolívia, que pode ter custado a convocação.

Na época, o treinador da Seleção Brasileira era o sempre rígido Dunga, que não gostou quando André perdeu o ônibus ao se atrasar na descida no hotel:

“Assim, eu sou um cara sem mágoa, sem ressentimento, sem nada disso na minha vida. Mas até hoje não sei o porquê o Dunga não me convocou. Nunca mais nos falamos e eu nunca fui perguntar também. Aconteceu um episódio na Bolívia, em jogo das Eliminatórias, que eu perdi o ônibus na concentração. Eu sempre fui aquele cara vaidoso de cuidar cabelo, perfume e tal. E ficava sempre como o último para entrar no ônibus. Até o Mano Menezes, no Corinthians, brincava comigo por isso”, disse André, ao Charla Podcast, antes de ampliar:

+ O dia em que Carille ficou “envergonhado” por manchete sobre “nó tático” em Renato: “Tomei um vareio”

“Aí eu fui descer no elevador no horário marcado e estavam outros jogadores no elevador, não tinha como descer mais um. Estava o Lúcio, Robinho, outros. Me disseram: ‘Fica aí, juvena’. Aí tive que esperar o elevador descer e subir de novo. Depois, desci sozinho e o ônibus não estava na frente. Tinham saído por uma porta dos fundos para evitar contato com os torcedores. Um gerente do hotel foi comigo pela porta e aí um batedor da polícia alertou o ônibus que faltava um jogador. Aí parou, eu entrei e o Dunga olhou pra mim falando do horário, da responsabilidade”.

Na ocasião, para a Copa que o Brasil perdeu para a Holanda nas quartas de final, Dunga levou coincidentemente outros dois ex-gremistas para a posição: Michel Bastos e Gilberto.

Você pode gostar

Comentários