Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Grávida, torcedora do Flamengo reclama de Renato: ‘Foi machista’

A polêmica fala de Renato Portaluppi, dizendo que, no jogo contra o Flamengo, "até uma mulher grávida faria gol no Grêmio", segue dando o que falar. Em entrevista ao Extra, a flamenguista Amanda Alves, grávida, fez suas reclamações e viu um certo machismo do treinador tricolor.
[bn]50[/bn]
"Eu achei essa declaração bem preconceituosa e machista, porque ele acabou inferiorizando todas as mulheres, principalmente as grávidas. É óbvio que a gestação nos impõe algumas limitações físicas, especialmente na reta final, mas a grávida é uma guerreira. Carregar um bebê na barriga por nove meses não é nada fácil. Acho que ele ficou bastante desorientado com o passeio do Flamengo e acabou falando essa bobagem para justificar a goleada que levou", avaliou.

Vale lembrar que não foi a primeira vez que Renato, em sua carreira de técnico, usou essa expressão. Quando comandava o Vasco, em 2005, ele falou a mesma frase depois de sofrer uma goleada para o Athletico.

Na coletiva de quarta-feira, a fala foi a seguinte:
[bn]51[/bn]
“Hoje, se bobear, até mulher grávida faria gol no Grêmio. Flamengo foi superior, sim, mas todas as chances fomos nós que demos ao Flamengo. E eles souberam aproveitar”.

 

Veja mais em Sem categoria.

Veja mais

Comentários