Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Gremista agredida no Beira-Rio se emociona com gesto de Renato e dos jogadores

As cenas de violência no Gre-Nal do último sábado foram trocadas por gestos de grandeza e solidariedade nesta terça-feira. Durante a tarde, a torcedora gremista agredida, Tais Dias, e seu filho, Bernardo, foram recebidos no CT do Grêmio e se encontraram com o técnico Renato Portaluppi e com os jogadores.
[bn]50[/bn]
Em depoimento à GrêmioTV, Tais se mostrou bastante emocionada com o gesto do clube do coração:

"Gostaria de agradecer de coração todo o apoio que estou recebendo do clube do meu coração, que me apoiou desde o início, desde a saída do estádio até agora. Todo o auxílio moral e jurídico. Agradecer de coração aos jogadores e ao Renato, que nos receberam e nos abraçaram. Realmente o carinho de todo mundo, da torcida gremista, dos colorados. E gostaria que isso não acontecesse mais nos estádios. Que seja um jogo que uma torcida de família, do bem, consiga abraçar e respeitar todo mundo", disse.

O técnico Renato Portaluppi também se pronunciou e pediu que não ocorra generalizações em cima da torcida adversária.

"A torcida do Internacional sempre se comportou muito bem. Não podemos generalizar a nação colorada por causa de uma pessoa. Acho que tanto a torcida do Grêmio quanto a do Inter gostariam de ver este tipo de gesto, principalmente com as crianças. Foi o que o Edenílson (volante do Inter) falou, não podemos aceitar um gesto destes, seja de parte de uma ou outra", comentou.
[bn]51[/bn]
No Twitter, o Grêmio registrou a visita:
 

Veja mais em Sem categoria.

Veja mais

Comentários