Ir para o conteúdo principal

Edílson explica como poderia jogar mais e melhor em 2023 no Grêmio

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Um dos atuais jogadores do Grêmio com contrato por encerrar no final da temporada é Edilson, que voltou ao clube na reta decisiva do Gauchão e até hoje lamenta não ter conseguido fazer uma boa pré-temporada. Ele aponta essa como uma das causas das dificuldades em campo com lesões e outro problemas em 2022.

+ Felipão lembra ser torcedor do Grêmio em discurso emocionado após final da Libertadores

Por isso, Edilson entende que irá conseguir ter um ano bem melhor caso renove com o Grêmio e possa fazer a pré-temporada desde o começo:

“Eu demorei para chegar, poderia ter vindo antes, ter feito uma pré-temporada. Mas isso não aconteceu. Fiquei na praia. Claro que a gente treinava, mas não era a mesma coisa”, disse o jogador ao “Paredão do Guerrinha”, da Rádio Gaúcha.

Edílson sonha em renovar seu contrato com o Grêmio

Aos 36 anos, o jogador afirma ter o “sonho” de renovar com o Grêmio e espera ser chamado para uma nova conversa:

“É um momento de reflexão. Meu pensamento é de jogar mais um ano, no mínimo. Essa temporada foi complicada para mim. Não fiz pré-temporada, cheguei no meio do campeonato e isso me atrapalhou um pouco. Se começar junto com o grupo, e depois de uma pré-temporada, posso render um pouco mais. Posso ajudar pela liderança. Ainda não foi conversado nada. Torcer para que as coisas aconteçam. Se ficar mais um ano, será um sonho realizado. De repente encerrar a carreira no clube onde tenho um histórico gigante. Seria um final feliz”, apontou.



Voltar para o topo