Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

💰 Rescisão de contrato com Thiago Neves evitará gastos superiores a R$8 mi no Grêmio

Meio-campista terá seu contrato rescindido antes de renovação automática.

Thiago Neves em campo pelo Grêmio — Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A ainda não oficial, mas iminente rescisão contratual do meia Thiago Neves com o Grêmio irá gerar economias importantes para os cofres do clube nos próximos meses. Com base nos vencimentos mensais do camisa 10, o Tricolor chegará a uma “economia” inicial de R$8 milhões com o jogador.

Thiago Neves tem contrato até dezembro de 2020, com valores que chegam na casa do R$1,9 milhão, levando em consideração o pagamento do 13º salário. Porém, a cláusula de renovação que está prestes a ser acionada elevaria o vínculo até o final de 2021 com um aumento considerável nos valores a serem pagos. Com isso, no próximo ano, o Grêmio precisaria desembolsar algo em torno de R$8 milhões para manter o meia. Na soma total, o clube pagaria mais de R$10 milhões ao jogador.

A questão é se haverá um acordo amigável para a saída do jogador – o que não parece provável. Uma nota publicada por Thiago Neves, alegando que não foi comunicado da decisão, aponta para dificuldades na rescisão, o que geraria um maior custo para o rompimento do vínculo.

Veja mais

Comentários