Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Presidente do Criciúma fala sobre acordo para receber o Grêmio: “Virão para utilizar o CT”

Em meio a decisão de treinar em SC, direção vai elaborando planos para execução dos trabalhos.

Renato pede calma durante treinamento no Grêmio

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A decisão do Grêmio de deixar o Rio Grande do Sul para trabalhar com bola vem se construindo a tempos. A gota d’água na impaciência dos dirigentes gremistas ocorreu na última entrevista do Governador do RS, Eduardo Leite, que afirmou que o futebol não era uma prioridade.

Para não se afastar demasiadamente do Rio Grande do Sul, Santa Catarina foi o local escolhido. Por lá, os treinamentos com contato físico estão permitidos pelas autoridades e o Grêmio utilizará isso a seu favor. Nesta manhã, o mandatário gremista ligou para o presidente do Criciúma e abriu uma negociação sobre o empréstimo das instalações do Tigre. A sinalização foi positiva, conforme revelação feita na Rádio Bandeirantes.

“O Grêmio vai buscar um hotel na cidade para colocar o elenco, até porque nosso alojamento acaba ficando a nossa equipe. A princípio, eles virão para utilizar o CT para os treinos”, disse o presidente Jaime Dal Farra, revelando ainda que o período acordado foi de 7 a 10 dias.

As palavras do Governador Gaúcho diminuíram as chances da retomada do campeonato estadual. Por isso, a preparação começa a se voltar para a ideia da CBF de iniciar o Brasileirão em agosto.

Retorno de Renato

Tão logo o Grêmio mude o seu local de treinamentos, Renato sairá da sua quarentena no Rio de Janeiro. O comandante gremista conversou com dirigentes nesta manhã e acertou a sua ida para Criciúma assim que houver a confirmação das datas para trabalho no Estado vizinho.

Desta forma, o treinador cumprirá a promessa de regressar quando os trabalhos coletivos tiverem condições de serem ministrados. A viagem para Santa Catarina, porém, precisará de ajustes de logística.

Veja mais

Comentários